quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Hans Olav Lahlum - À Mesa Com O Assassino [Divulgação ASA]


Data de publicação: 1 Novembro 2016
  
               Título Original: Satellittmenneskene
               Preço com IVA: 13,90€
               Páginas: 352
               ISBN: 9789892336756

Sinopse: Após Crime num Quarto Fechado, o detetive inspector K2 e Patrícia Borchmann voltam a unir-se para desvendar mais um mistério em Oslo.
Durante um jantar privado, em oslo, um rico empresário morre inesperadamente.
A notícia deixa o detetive inspetor Kolbjørn Kristiansen (também conhecido como K2) particularmente perturbado. Isto porque, apenas um dia antes, a vítima o contactara, dizendo temer pela vida.
São dez as pessoas que se reuniram no jantar fatal. Todos são suspeitos pois todos tinham motivos para odiar o milionário, e as alterações recentes ao seu testamento podem ter desencadeado o crime. Mas quem, de entre os dez, teria o motivo mais forte? A mulher? A ex-mulher? Os filhos? Seria a secretária atraente, ou o seu antigo companheiro de luta?
Mais uma vez, K2 recorre à enigmática e genial Patricia Borchmann. Embora esteja presa a uma cadeira de rodas, a jovem tem a mente suficientemente arguta para desenredar a trama de mentiras dos convidados. Mas quando começam a chegar cartas misteriosas a anunciar novas mortes, K2 sabe que tem de agir depressa…

Sobre o autor: Hans Olav Lahlum é escritor, historiador, político e jogador de xadrez. Nasceu e vive na Noruega, onde os seus livros policiais protagonizados pelo detetive inspetor Kolbjørn Kristiansen e a precoce Patrícia Borchmann têm vindo a conquistar os leitores e a crítica, os quais lhe valeram comparações com ícones do romance policial clássico como Agatha Christie e Rex Stout. 

Chelsea Cain - Nunca Perdoar, Nunca Esquecer [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: Há uns (bons) anos, li um livro de seu nome Beleza Assassina cuja autora me era desconhecida. Finda a leitura, ficou a vontade de ver mais títulos de Chelsea Cain. Por isso fiquei em êxtase quando soube que iria ser publicado Nunca Perdoar, Nunca Esquecer pela Saída de Emergência, desta feita uma nova série, protagonizada por Kick Lannigan. Uma série que, a avaliar pelo primeiro volume, será promissora!

Comecemos pelo prólogo que lançou os dados numa trama alucinante. As primeiras páginas deixaram-me bastante expectante com o desenvolvimento da acção. Descobrimos que a protagonista, Kick, fora raptada aos seis anos e assistimos ao seu resgate. 
De imediato percebi que esta heroína é bastante atípica uma vez que nos é imediatamente a conhecer o seu esqueleto no armário. E sabem que mais? Gostei muito de Kick! Ainda que tenha passado por um acontecimento traumático, nunca deixou que este lhe toldasse a personalidade. Kick é uma mulher de armas e, agora que é adulta, tem como objectivo resgatar duas crianças também elas desaparecidas, uma realidade que lhe é, certamente, conhecida.
De destacar uma outra personagem que mexeu comigo, embora de outra forma: enquanto admirei Kick, o misterioso Bishop, por sua vez, deixou-me bastante curiosa sobre a sua verdadeira natureza. Creio que é um elemento que, a par da trama, associa assaz expectativa.

À medida que me embrenhava na história, senti que a mesma proporciona um misto de emoções: inicialmente estava intrigada sobre o que acontecera aos miúdos mas ao longo das páginas fui sendo engolida para uma realidade dura e a desconfiança foi dando lugar à incredulidade. A história torna-se pesada e, certas passagens, complicadas de se digerir, uma sensação que creio intensificada para quem é pai/mãe ou trabalha com crianças como é o meu caso. A acção é bastante célere, sendo um livro que se lê rapidamente.

Por essas razões considero que Nunca Perdoar, Nunca Esquecer é uma obra muitíssimo interessante, deixando-me bastante curiosa com o desenrolar desta nova série! Chelsea Cain é, de facto, um nome sonante no género do thriller. Esta obra reforçou esta minha percepção.


sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Megan Abbott - Tens Coragem? [Divulgação Saída de Emergência]


Data de publicação: 16 Setembro 2016
  
               Título Original: Dare Me
               Preço com IVA: 17,76
               Páginas: 288
               ISBN: 9789896379957

Sinopse: De uma das mais promissoras autoras na área do thriller
Addy Hanlon sempre foi a melhor amiga de Beth Cassidy e a sua parceira de confiança. Ambas cheerleaders temidas pelas raparigas da escola, atingiram o pico das suas carreiras no secundário e lideram uma claque intensamente competitiva e admirada por todas as colegas – até ao momento em que chega a nova treinadora.
Dominante e carismática, e uma emissária do mundo adulto além do alcance das jovens, a treinadora Colette French seduz  Addy e as outras cheerleaders com o seu charme. Apenas Beth, incapaz de aceitar a nova autoridade, permanece fora do círculo de confiança da treinadora, tentando por todos os meios recuperar a sua posição como cheerleader de topo.
Mas quando um crime abala a comunidade, começa uma investigação policial que tem como alvo as alunas da escola. À medida que se aproxima o final da época, Addy e Beth irão aprender, da pior forma, que as fronteiras entre lealdade e amor podem ser um terreno perigoso num jogo que já ultrapassou todos os limites.
 


Sobre a autora: Megan Abbott (1971-) é a autor premiada dos romances Die a Little, Bury Me Deep, The End of Everything, Tens Coragem? e The Fever. Natural de Detroit, EUA, formou-se na Universidade do Michigan e doutorou-se em Literatura Inglesa e Norte-Americana na Universidade de Nova Iorque. Deu aulas em Nova Iorque e o seu nome já figurou em várias antologias de ficção policial e crime.
Recebeu nomeações para inúmeros prémios, incluindo os prémios Edgar, Shirley Jackson, Los Angeles Times e Folio. O romance Tens Coragem? encontra-se a ser adaptado para televisão pelo canal HBO.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Sofie Sarenbrandt - Uma Morte Conveniente [Divulgação Dom Quixote]


Data de publicação: 27 Setembro 2016
  
               Título Original: Vila i frid
               Preço com IVA: 18,90€
               Páginas: 416
               ISBN: 9789722060981

Sinopse: Uma Morte Conveniente é o primeiro livro de uma série que tem como protagonista Emma Sköld, uma jovem e entusiasta inspetora da polícia. Quando é chamada a intervir nesta investigação, Emma está grávida e começa a perguntar-se se conseguirá conciliar a carreira com a maternidade. Conta para isso com a ajuda do seu companheiro Kristoffer, um agente imobiliário viciado em trabalho que espera em breve encontrar a casa ideal para os três.
Sofie Sarembrant imprime a esta intriga um ritmo imparável que nos leva a querer virar a página do primeiro ao último capítulo.

Sobre a autora: Sofie Sarembrant cresceu com três irmãos na quinta dos pais em Ostergotland.
Antes de se dedicar à escrita de livros policiais era jornalista desportiva no Expressen e no Aftonbladet, dois importantes jornais suecos.
A sua carreira como escritora foi meteórica e rapidamente atravessou fronteiras. É considerada a mais promissora autora sueca de policiais depois de uma rápida ascensão aos tops suecos. Uma Morte Conveniente foi o seu primeiro livro a cruzar as fronteiras e encontra-se já traduzido em doze países, entre os quais se contam a Alemanha e os Estados Unidos.
Tem dois filhos e vive em Bromma, o cenário dos seus livros.


Imprensa
«Sofie Sarembrant é a mais entusiasmante estrela em ascensão entre os novos autores suecos de policiais»
Camilla Läckberg 



Mons Kallentoft - A Quinta Estação [Opinião]

Sinopse: AQUI

Opinião: A Quinta Estação foi um livro muito aguardado pelos fãs do autor sueco. Pessoalmente, já esperava pela publicação deste título há 4 anos! Afinal de contas, a tetralogia de Mons Kallentoft abordava o delicado caso de Maria Murval, sem, no entanto, o ter concluído. A Quinta Estação debruça-se sobre os contornos mórbidos da jovem que fora violada e brutalmente agredida, concluindo a saga. Todavia e felizmente, parece-me que a série terá continuação.

Malin Fors deixou saudades e ei-la tão convicta em fechar o caso que a obcecou logo desde o primeiro livro da saga, Sangue Vermelho Em Campo de Neve. Depois, ao longo que a série prosseguia com Anjos Perdidos em Terra Queimada, Segredo Oculto em Águas Turvas e Flores Caídas no Jardim do Mal, o autor foi criando um suspense maior em torno da situação de Maria Murvall. Assim sendo, não faz sentido enveredar pela leitura de A Quinta Estação sem previamente ter lido a tetralogia das estações do ano.

Lamento o compasso de espera entre a publicação da tetralogia e do presente livro, que desencadeou um natural esquecimento de factos mais concisos referentes às histórias anteriores. Não me recordava de todo de Peter, o companheiro de Malin. Não tinha presente as vidas dos colegas de Malin e suas interacções. Lembrava-me apenas, em linhas gerais, da relação entre Malin e a filha que me parece mais consolidada nesta trama e de vagos pormenores referentes à Maria Murval.

Mons Kallentoft é um autor bastante peculiar, dando voz às vítimas das tramas. Há uma enorme carga melancólica que se revela na escrita e em A Quinta Estação, o autor não esqueceu de enfatizar as vítimas da violação bem como os inúmeros apelos de Maria a Malin para que apanhasse quem tanto a fez sofrer. Nem todos os leitores apreciam, no entanto, penso que estes trechos tornam a trama ainda mais convincente e torna a dor muito mais realista.

A definição dos sentimentos não interfere com a acção e rapidamente nos apercebemos da dimensão do episódio sofrido por Murvall. E torna-se bastante chocante na medida que aborda uma série de crimes infames contra as mulheres. Pessoalmente sou bastante sensível ao tema e este é tratado de uma forma bastante directa, sem floreados e o ambiente torna-se soturno. A intensificar esta percepção, a constante luta interior de Malin Fors.

Em suma, A Quinta Estação foi um livro que muito me agradou. Apesar deste quinto volume ter fechado já a situação arrastada de Maria Murval, a série tem potencialidade para continuar. Lá fora já saiu até ao 9º. E eu aqui com imensa vontade para acompanhar a série! Faço votos que continue a ser publicada.


segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Mason Cross - O Samaritano [DivulgaçãoTopSeller]


Data de publicação: 5 Setembro 2016
  
               Título Original: The Samaritan
               Preço com IVA: 18,79
               Páginas: 384
               ISBN: 9789898843760

Sinopse: Se o seu carro avariar de repente, tenha medo, tenha muito medo…
Elas pensavam que ele queria ajudar… Estavam enganadas. 
Após uma noite de tempestade, em Los Angeles, a detetive Jessica Allen é chamada ao local onde houve um deslizamento de terras. O motivo? Uma descoberta macabra: foi encontrado o corpo de uma jovem cujo pescoço foi degolado com um corte invulgar.
No mesmo dia, são descobertos perto daquele local outros dois corpos mutilados de maneira semelhante. A detetive descobre que se trata da obra de um assassino que opera há mais de dez anos, sem nunca ter sido apanhado. É conhecido como o «Samaritano» e captura jovens desamparadas, cujos carros avariaram, deixando-as paradas e sozinhas na estrada.
É então que Carter Blake aparece para oferecer os seus serviços a esta investigação policial. O secretismo em volta das suas verdadeiras intenções leva a detetive a desconfiar dele. Mas quando o Samaritano prossegue com uma escalada de assassínios, os dois terão de se unir para o deter de uma vez por todas…

Sobre o autor: Nasceu em Glasgow, na Escócia, em 1979. Licenciou-se em Línguas e fez uma pós-graduação em Tecnologias de Informação, o que lhe permitiu descobrir que tem muito mais êxito com as palavras do que com os computadores.
Sempre se dedicou à escrita, sendo autor de um número considerável de contos policiais, incluindo A Living, que foi finalista do prémio Quick Reads «Get Britain Reading». 
É autor de O Caçador, igualmente publicado pela Topseller, e deste O Samaritano, o seu mais recente thriller, que foi selecionado para o Richard and Judy Book Club.
Saiba mais em www.masoncross.net 

Anteriormente publicado
Opinião AQUI











Imprensa
«Mason Cross é autêntico e tem a sua própria voz. O seu talento único para criar momentos de tensão eleva a adrenalina quase até ao limite.» 
Daily Mail

«Os leitores vão ficar extasiados.» 
Publishers Weekly 



quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Angela Marsons - Gritos Silenciosos [Divulgação Quinta Essência]


Data de publicação: 13 Setembro 2016
  
               Título Original: Silent Scream
               Preço com IVA: 16,90€
               Páginas: 392
               ISBN: 9789897415821

Sinopse: Cinco pessoas reúnem-se em volta de uma campa rasa. Todos se tinham revezado a cavar. Uma cova para um adulto teria levado mais tempo. Uma vida inocente fora tirada, mas o pacto fora feito. Os segredos deles seriam enterrados, ligados no sangue...
Anos mais tarde, uma mulher é encontrada brutalmente estrangulada, o primeiro de uma série de assassínios que choca a região inglesa conhecida como Black Country.
Mas quando são descobertos restos humanos num antigo orfanato, são também desenterrados segredos perturbadores. A inspetora detective, Kim Stone percebe rapidamente que procura um indivíduo cruel cujos homicídios se estendem por décadas.
Uma vez que as mortes continuam, Kim tem de parar o assassino antes que ele ataque de novo. Mas, para o capturar, será Kim capaz de enfrentar os demónios do seu passado antes que seja demasiado tarde?
Os fãs de Rachel Abbott, Val McDermid e Mark Billingham irão ser agarrados por esta excecional nova voz na ficção criminal britânica.

Sobre a autora: Já autora de contos, com Gritos Silenciosos Angela Marsons fez a sua estreia no género do thriller, alcançando um imediato êxito internacional. Gritos Silenciosos é o primeiro capítulo na série protagonizada pela inspetora detetive Kim Stone. Angela vive na região inglesa de Black Country, a mesma onde se passam os seus thrillers.