quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Cara Hunter - Perto de Casa [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: A avaliar pelo livro de estreia, Perto de Casa, de Cara Hunter, posso, desde já, afiançar que estamos perante uma autora promissora!
Leio com alguma frequência tramas que envolvem o desaparecimentos de crianças e asseguro que esta obra é uma lufada de ar fresco no que concerne a esta temática. Esta percepção prende-se com o facto da trama se alicerçar, essencialmente, em falsas pistas e segredos que a própria comunidade encerra. É, portanto, um livro viciante; pois praticamente a cada página existem novas revelações, espicaçando a curiosidade do leitor e embrenhando-o cada vez mais na leitura.

Daisy é uma menina de 8 anos que desaparece durante uma festa dada pela sua família. O inspector Adam Fawley é destacado para averiguar o paradeiro da criança.

A estrutura do livro é bastante peculiar. Isenta de capítulos, a história é dinamizada através de reportagens, inquéritos policiais ou compilações de mensagens em redes sociais, revelando as várias especulações que vão sendo feitas pela comunidade mediante um caso desta natureza. Lembrei-me inevitavelmente do caso Joana ou do posterior caso Maddie, em que muitos populares manifestavam a sua opinião, sendo que a internet veio dar voz aos cidadãos anónimos.

Agradou-me a caracterização do inspector Adam Fawley, um homem também ele com esqueletos no armário, devido a um episódio que envolveu o seu filho. Ao longo da narrativa vai-se desenhando uma possibilidade sobre o que aconteceu ao filho do inspector, todavia a confirmação que surge no final da trama acaba por ser devastadora. Isto porque, na minha opinião, o leitor cria uma empatia com o responsável pela investigação, empatia essa que, creio, é intensificada pelas várias intervenções sarcásticas do mesmo.

Embora estes factores tenham sido determinantes para que tenha gostado deste livro, posso assegurar que a maior surpresa foi, sem dúvida, a forma como a história se desenrolou. Como afirmei anteriormente, o facto da trama apresentar uma série de reviravoltas, praticamente em todas as páginas, faz com que o próprio leitor suspeite que todas as personagens estão ligadas ao desaparecimento da menina, facto que se afigura como uma mais valia desta obra. Será um thriller que, certamente, fará as delícias de todos os amantes do género.

Não posso deixar de terminar sem aludir ao epílogo que é deveras surpreendente e mudou completamente o desfecho da trama.

Em suma, perante um livro tão frenético e extremamente bem arquitectado não poderia deixar de manifestar a minha total satisfação com Perto de Casa. Desta forma, resta-me desejar que a restante série protagonizada por Adam Fawley seja publicada. Será, com certeza, uma mais valia! 
Uma excelente aposta da Porto Editora!

Sem comentários:

Publicar um comentário