domingo, 20 de dezembro de 2015

Jo Nesbø - O Fantasma [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: O Fantasma é o nono livro da saga de Harry Hole, uma série que, a meu ver, tem elevado a fasquia do policial a cada livro publicado.
Contudo, creio que O Fantasma é algo diferente dos livros antecessores. A narração é distinta e convidativa à introspecção, uma vez que, alternada com a acção propriamente dita, temos os testemunhos de Gusto, a vítima mortal da presente obra. Uma fórmula já explorada pelo autor Mons Kallentoft que tem como objectivo contar um pouco sobre a personagem que é assassinada.
Além disso, a investigação do crime dispersa-se por entre a temática do submundo da droga. Em muitas passagens, O Fantasma relembrou-me, em certa medida, o enredo da série Breaking Bad, pois o cerne da trama é o desenvolvimento de uma nova droga no submundo de Oslo.
Daí que esta história se centra nas relações estabelecidas dentro deste meio, onde o vício se imiscui com o negócio ilícito de contrabando de drogas.

Apesar de não apreciar histórias que tenham como pano de fundo o tráfico de drogas, a trama agradou-me devido ao conflito interno que se instala em Harry Hole. É que Oleg, o filho da sua ex namorada Rakel Fauke, é suspeito do homicídio de Gusto e cabe a Harry discernir a componente pessoal das provas que acusam o jovem. 
Para quem acompanha a saga, sente uma familiaridade para com as personagens e por isso, chocou-me que aquele menino de quem me recordo de O Pássaro de Peito Vermelho já seja um adolescente e tenha tomado decisões erradas no seu percurso. Daí que senti, durante toda a leitura, uma grande ansiedade na resolução do caso, maior ainda que nos livros antecessores.

Apesar das temáticas abordadas, é indiscutível que o autor tenha uma capacidade exímia de nos manter presos à história, que como podem constatar, é algo complexa. Não obstante ter deixado um final em aberto com questões que serão certamente respondidas no próximo livro da saga. 
Confesso, no entanto, ter ficado bastante surpresa com o final e com o desvendar do homicídio de Gusto. Apesar de não ter equacionado, achei bastante lógico.

Devo admitir que O Fantasma não destronou os meus preferidos que eram O Leopardo e O Boneco de Neve (atento que este último será adaptado para cinema já no próximo ano, notícia que me apraz bastante).
Fico a aguardar pela publicação de mais uma obra de Nesbo, um autor que se destaca nas minhas preferências literárias.
Tanto quanto sei, Baratas (o segundo livro da saga) será publicado no primeiro trimestre de 2016.


Sem comentários:

Enviar um comentário