segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Hjorth & Rosenfeldt - Mentiras Consentidas [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: Era um dos livros mais aguardados do ano, um sentimento que se voltou a instalar após a leitura do presente título. Creio que, desta vez, a espera prolongar-se-á um pouco mais devido ao facto de Mentiras Consentidas ser o último livro da série, publicado pelos autores até então.
Já mencionei, noutras ocasiões, que esta minha ânsia em ler os próximos livros da saga deve-se praticamente ao desenvolvimento das personagens da série e, como é habitual, os autores voltam a deixar-nos em suspense com o desfecho.

Devo confessar que, apesar dos crimes de cariz sexual me incomodarem imenso, não senti a mesma afinidade com a investigação como nos demais livros. Não considerei, portanto, o melhor volume da saga. Quando conhecemos vilões tão macabros como o Edward Hinde, torna-se difícil ombrear ou superar este tipo de personalidade tão marcante. Ainda que em Mentiras Consentidas nos deparemos com um violador em série, cuja identidade se desconhece, e cujo modus operandi é realmente assustador, não consubstanciou, a meu ver, uma ameaça tão tenebrosa como nos livros antecessores.

Ainda assim, considerei a investigação policial muito interessante, dentro dos moldes dos demais livros, uma vez que assenta sobre falsas pistas que nos vão ludibriando até sermos surpreendidos por novas e inesperadas revelações. O expoente máximo foi o desfecho que considerei genuinamente imprevisível.

No que concerne ao ingrediente que, para mim, é o sucesso desta série, ou seja, as personagens, sinceramente esperava grandes avanços em termos de evolução das mesmas. Contudo senti que as personagens gravitaram sempre em torno dos mesmos conflitos sobejamente conhecidos já dos livros anteriores.
Uma vez que, em particular, Billy me causou grande desconforto na recta final do título antecessor, esperava que este se excedesse na presente trama, o que não aconteceu, tendo-me sentido um pouco desiludida.

Em suma, embora não seja o meu livro favorito desta série policial pelos motivos que mencionei em epígrafe, continuo a considerá-la como uma das melhores publicadas por cá. 
Assim, Mentiras Consentidas afigura-se imperdível para os fãs da série.

6 comentários:

  1. Vou lê-lo pra já. É bom ter a sua abalizada opinião a nortear na leitura. Um abraço dessa sua fã.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! Fico tão feliz! Um grande beijinho e boas leituras

      Eliminar
  2. Acabei-o ontem. Ainda que concorde com a tua opinião no geral, achei o livro fantástico. Se no volume anterior temos um assassino que testa os limites e capacidades do Sebastian, neste ele é ludibriado e fica bastante preocupado com a identificação do violador. Concordo, como já li noutras opiniões, que este volume parece mais centrado nos dramas das personagens do que na investigação criminal. Mas acho, mera opinião e simultaneamente expectativa, que este volume é uma espécie de transição para o que aí vem. Aguardemos o sétimo 😉😱

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está! Não diria melhor! E nós ficaremos a aguardar atentamente o sétimo :D Um grande beijinho e boas leituras

      Eliminar
  3. Estou lendo o livro 3, e já com vontade de ler esse. :) Gosto bastante das suas postagens, pois me ajudam a nortear minhas leituras. Obrigado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Jurandir! Fico muito contente por te poder ajudar e agradecida pelo simpático feedback! Um grande beijinho e boas leituras!

      Eliminar