quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Divulgação Editorial Contraponto: Dan Wells - Não Sou um Serial Killer

Sinopse: John Wayne Cleaver é um rapaz potencialmente perigoso - muito perigoso. E passou toda a sua vida a tentar não cumprir o seu potencial. É bem comportado, calado, tímido e reservado mas incapaz de sentir empatia e de compreender as pessoas que o rodeiam. Prefere conviver com os mortos: o seu trabalho (e o seu passatempo favorito) é embalsamar cadáveres na casa mortuária que pertence à sua família. Além disso, partilha o nome com um famoso serial killer e tem uma obsessão quase incontrolável por psicopatas e assassinos em série. Sob estas circunstâncias, parece que o seu destino está traçado.
Contudo, John Wayne Cleaver é plenamente consciente das suas invulgares características, e quer a todo o custo impedir-se a si mesmo de matar. Para tal, criou um conjunto de regras muito precisas: tenta cultivar apenas pensamentos positivos pelas pessoas que o rodeiam (até o bully do liceu), evita criar laços ou interessar-se por elas (tem apenas um amigo da sua idade) e sobretudo, tenta a todo o custo manter-se afastado do fogo (que gosta de atear), dos animais (que gosta de dissecar) e de locais e vítimas de crimes. As suas regras vão ser postas à prova quando é encontrado um corpo terrivelmente mutilado - e depois um segundo, e um terceiro. Será que na sua pacata vila existe uma criatura ainda mais perigosa do que John Wayne Cleaver?

Nas livrarias a 2 de março.

Sem comentários:

Publicar um comentário