quarta-feira, 24 de julho de 2013

Janet Evanovich - Sorte Explosiva [Opinião]


Hilariante esta autora! Sucessor de Perseguição Escaldante, Sorte Explosiva está ao mesmo nível: as situações caricatas abundam em torno de um estranho caso de uma fotografia desaparecida. Confesso que comparando as sagas de Stephanie Plum e Lizzie&Tucker, a minha preferência recai sobre a caçadora de recompensas devido à forma como, de uma forma muito peculiar, as situações se aproximam do policial, envolvendo algum mistério e homicídios.

A situação dita policial está muito bem conseguida: um homem morto que viajava junto de Stephanie Plum, fazendo com que o FBI esteja no encalço da personagem, bem como outros indivíduos suspeitos. Mesmo com um cargo importante, são hilariantes as provações destas personagens para com Plum.
Claro que, à semelhança de Perseguição Escaldante, estamos perante um policial muito pouco convencional e enfatizo o facto de que os acontecimentos "amalucados" são recorrentes. O conjunto de situações pouco verossímeis, tornam a leitura óptima para descomprimir e esta autora é das poucas a fazer-me sorrir aquando a leitura das suas obras, desencadeando gargalhadas!

A meu ver Janet Evanovich acaba por ser peculiar. Simplesmente há quem goste da autora e quem não aprecie de todo. Como os livros estão nos mesmos moldes, e falo particularmente da linguagem dotada de boa disposição e as situações fora do comum, há quem tolere e aprecie este humor, como tenho consciência que existe o oposto. Ou seja, quem gostou de Perseguição Escaldante, certamente irá apreciar Sorte Explosiva. Ainda só li dois livros protagonizados por Plum, numa saga que alcança até à data, salvo erro, dezanove livros, sendo ainda uma amostra diminuta mas penso que a autora nem é repetitiva nas suas tiradas sobre as personagens. Por mim falo, que adoro Evanovich e aguardo impacientemente pelo próximo livro protagonizado por Stephanie Plum.

Penso que a fidelidade de Evanovich para com o leitor está precisamente nas personagens que vão criando uma ligação, uma familiaridade. Apesar da autora fazer uma breve retrospectiva da vida familiar de Stephanie, as considerações tecidas são sempre engraçadas, não inviabilizando a percepção total da história sem a leitura do livro anterior Perseguição Escaldante. As personagens são então de bradar aos céus. Especialmente a colega Lula e a avó Mazur que, mesmo tendo um papel secundário, a meu ver acabam por ter tanto destaque como a protagonista. Não esqueçamos o romance, patente num triângulo amoroso entre Stephanie, Morelli e Ranger.

Imperdível, Sorte Explosiva é a melhor combinação do policial com o humor de sempre! Adorei e espero com grande expectativa mais um livro desta que se tornou uma das minhas autoras a seguir!


Sem comentários:

Publicar um comentário