segunda-feira, 8 de julho de 2013

Lisa Kleypas - Paixão Sublime [Opinião]


Sinopse: Quatro jovens damas da sociedade londrina procuram um bom partido. Chega a vez de Evangeline Jenner, a mais tímida, mas também a mais rica, logo que cobre a sua herança.
Para escapar às garras da família, Evie pede ajuda a Sebastian, Lord St. Vincent, um conhecido libertino, fazendo-lhe uma proposta irrecusável: que se case com ela, trocando riqueza por proteção.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite de núpcias, os dois não voltarão a encontrar-se na intimidade, pois Evie não quer ser mais um coração partido na longa lista de conquistas de Sebastian.
A Sebastian resta esforçar-se mais para a seduzir… ou entregar finalmente o coração, em nome do verdadeiro amor.

Opinião: Espectacular! E olhem que um livro do género sensual se destacar assim, é obra! Já tinha gostado muito do primeiro, Desejo Subtil. Saltei o segundo, Sedução Intensa, que certamente irei ler em breve pois esta autora claramente se distingue das demais dentro deste género literário.
Claramente destinado a um público feminino, o principal aspecto que ressalta neste livro é a capa deslumbrante e requintada. Aliás, como todas da série À Flor da Pele.

Paixão Sublime é o terceiro da série das encalhadas e tem como protagonista, Evangeline Jenner. Esta era a Wallflower que tanto achei piada no primeiro livro pelas mais diversas tiradas humorísticas como também aquela com quem mais me identifiquei devido ao problema de gaguez (não sou gaga mas compreendo bem a problemática do complexo e timidez). Mas Evie é também muitíssimo bela e precisa urgentemente de se casar afim de fugir da família. É aqui que entra Sebastian St. Vincent. Pelo que me apercebi, uma personagem de carácter vilão no romance anterior, tendo sido implicado num rapto a uma das Wallflower. 
Sou-vos sincera, como não li o segundo, deu para perceber que este homem era indesejável pelo que neste livro encontrará a sua redenção.
Daí que fiquei rendida à sua doçura, querendo desabrochar daquele aspecto frio. Um casamento que à partida seria de conveniência, começa a dar os seus frutos quando Sebastian começa a olhar para Evie com outros olhos.
Na minha opinião, este crescendo dos sentimentos de ambos, envolve a leitora na história, fazendo com que ela torça vigorosamente pelo casal. Ora a relação de Evie e Sebastian prima pela ironia, provocação e até algum fingido desinteresse, ora surgem momentos ternos e românticos.

Comparando com Desejo Subtil, creio que existem mais cenas de cariz sexual na presente narrativa, embora e como verificado no livro antecessor, estas descritas com grande elegância em harmonia, contextualizando-se no pano de fundo histórico.

Mais uma vez a autora aufere autenticidade nas suas narrativas ao introduzir pequenos detalhes nas histórias. Se no romance anterior que li, o factor que se salientou, para mim, foi sem dúvida os primórdios da Revolução Industrial, no presente romance fiquei fascinada com o mundo medicinal, reflectindo-se essencialmente nos tratamentos de tuberculose.

Um livro imperdível para quem é fã do dito romance sensual. Garanto-vos que esta autora se irá destacar, não só pela qualidade das histórias, como pela riqueza histórica e personagens femininas absolutamente cativantes. Lisa Kleypas é sem dúvida uma das minhas autoras preferidas do género!
E como gulosa que sou, apesar de ter o segundo livro para ler, confesso que aguardo atenciosamente pelo quarto.

Para mais informações sobre o livro Paixão Sublime, clique aqui


Sem comentários:

Publicar um comentário