sábado, 16 de abril de 2016

Ruth Ware - Numa Floresta Muito Escura [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: Alternando entre o tempo passado e o presente, Numa Floresta Muito Escura é um livro bastante misterioso. Sabemos que Nora, a protagonista do livro, se encontra num hospital mas esta não se recorda das razões que a trouxeram ao local. Por isso vai relatando que foi convidada para uma despedida de solteira de uma amiga com quem não se relaciona há dez anos.
Daí que, na minha opinião, o factor de mistério instala-se logo nas páginas iniciais. Porque motivo a presença de Nora é tão desejada numa festa de alguém de quem não se sabe há tanto tempo?

A despedida de solteira, que ocorre num casebre num local ermo, deixa antever logo desde início que não terá um final feliz, como a acção presente comprova. 
A paisagem de Londres, cidade onde vive Nora contrasta com a neve e a floresta densa que engole a casa dos familiares de Flo, uma das amigas da noiva. Portanto, um ponto positivo pela sensação de claustrofobia que é palpável na trama. 
Muito sinceramente, não consegui eleger o elemento mais obscuro entre as personagens e o ambiente onde decorre a acção. Isto porque até os participantes da festa me pareceram bastante duvidosos, com especial incidência em Flo, obcecada com os planos da despedida de solteira e Nina, uma amiga comum de infância de Nora e Claire, a noiva.

À medida que folhamos as páginas apercebemo-nos de alguns segredos que povoam as personagens, sendo os mais interessantes aqueles que dizem respeito a Nora e a Claire. 
A autora consegue manter o interesse na narrativa, desenvolvendo um crescendo de emoções. Confesso que na minha cabeça surgiram algumas explicações, rapidamente descartadas pelo evoluir da narrativa. Algo de muito errado viria a acontecer na festa... O marketing em torno deste livro 'Alguém se Vai Casar, Alguém Vai Desaparecer' aligeira o que de facto acontece.

Numa Floresta Muito Escura é um thriller psicológico e emocionante que li em pouco mais de um dia. De louvar as revelações que me apanharam desprevenida num ambiente tenebroso, razões pelas quais considero esta obra um excelente romance de estreia de Ruth Ware, uma autora que vai ficar debaixo da mira! 


Sem comentários:

Publicar um comentário