terça-feira, 28 de outubro de 2014

Jo Nesbø - O Leopardo [Divulgação Editorial Dom Quixote]


Data de Publicação: 4 Novembro 2014

               Título Original: Panserhjerte
               Páginas: 648
               Preço com IVA: 22,90€
               ISBN: 9789722055994

Sinopse:  Perturbado com os acontecimentos que levaram à detenção do Boneco de Neve, o inspetor Harry Hole refugia-se em Hong-Kong onde as únicas regras a que obedece são as que lhe são impostas na sordidez das salas de ópio. Enquanto isso, em Oslo, num Inverno excepcionalmente ameno, a polícia depara-se com o brutal assassínio de duas mulheres. Sem pistas, sem perceber que arma do crime seria capaz de provocar os ferimentos que apresentavam, e com a investigação num impasse, só lhe resta encontrar Harry Hole e convencê-lo a colaborar.
Com o pai gravemente doente no hospital, Harry Hole acaba por regressar à Noruega. Não tenciona trabalhar na investigação, mas o instinto leva a melhor quando a polícia encontra uma terceira vítima, violentamente assassinada, num parque da cidade. Quando consegue desvendar a ligação entre as vítimas, Harry Hole percebe que está a lidar com um psicopata que, tal como o Boneco de Neve, o vai levar ao limite das suas capacidades.
O Leopardo leva-nos de Hong-Kong a Oslo, da Suíça à República Democrática do Congo, da brancura gelada de uma avalanche ao inferno escaldante de um vulcão.
É nestes cenários que Harry Hole enfrenta os demónios mais sinistros da Noruega e, pior do que isso, os que se debatem dentro de si próprio.

Sobre o autor: Jo Nesbø nasceu na Noruega em 1960. É músico, compositor, e um dos escritores de policiais mais elogiados e bem-sucedidos da Europa. Com os livros da série protagonizada pelo inspetor Harry Hole conseguiu um sucesso invejável quer no seu país de origem quer a nível internacional, recebendo elogios da crítica e do público. É traduzido em mais de 40 línguas, recebeu vários prémios literários e muitos dos seus livros atingiram os tops de vendas. Em Fevereiro de 2013 o Parlamento norueguês atribuiu-lhe o Peer Gynt Prize, que premeia uma personalidade ou instituição que se tenha distinguido na sociedade e tenha contribuído para valorizar a reputação da Noruega a nível internacional.

Sem comentários:

Publicar um comentário