quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Lisa Scottoline - Não Contes Nada [Opinião]


Sinopse: AQUI

Opinião: Terminei ontem, por volta das duas da manhã, este thriller fantástico de Lisa Scottoline! 
Esta leitura durou apenas dois dias, pois li avidamente as 100 primeiras páginas numa tarde e, no dia seguinte, já estava a terminar o livro. Aliás, li mais de metade ontem à noite, sem interrupções, tendo sido uma leitura que se prolongou pela madrugada. Ainda estou pasmada com a intensa história de Não Contes Nada.

Como a sinopse assim indica, a trama centra-se num incidente que ocorre na família Buckman e que tem sérias repercussões. Como muitos pais de adolescentes, Jake não consegue relacionar-se com o filho de 16 anos, Ryan. Numa tentativa de estreitar a relação com o filho, Jake vai buscá-lo ao cinema e no regresso são implicados num acidente de um atropelamento mortal.

Esta premissa é, aparentemente, bastante previsível, contudo, à medida que me embrenhei na leitura, fui sendo apanhada de surpresa. Existem inúmeras reviravoltas, uma das quais confesso que não me convenceu completamente (para evitar spoilers vou abster-me de referir este facto mas convido os meus leitores a trocar algumas impressões via email ou Facebook). 
Fiquei bastante intrigada com os contornos que a história foi apresentando, apertando o cerco a Jake, cada vez mais, num crescendo dramático que acaba por atingir níveis claustrofóbicos.

Creio que esta trama caracterizar-se-á como um meio termo entre o thriller e o drama familiar. Levanta algumas questões éticas e morais pertinentes sobre o quão longe podemos ir para proteger um filho, além de apresentar uma profunda reflexão sobre a culpa e a dificuldade em enclausurar este sentimento. 
Desde o início que se instala um efeito angustiante face ao acidente, no entanto, o mesmo é intensificado devido a algumas revelações chocantes que vão surgindo ao longo da trama.

A meu ver, a autora disserta, de forma exímia, sobre esta temática, retratando, com bastante realismo, uma família moderna que se deparou com várias situações-limite, como o desemprego, uma crise matrimonial e agora este terrível segredo que, ironicamente, acabou por aproximar pai e filho.

Não Contes Nada é um verdadeiro page turner com uma mensagem poderosíssima que irá impressionar, sobretudo, aqueles que já vivenciam a maternidade. Dramática e tensa, esta história ficará na retina durante muito tempo, aposto.

Estou curiosa em ler mais obras da autora! A avaliar por esta, Lisa Scottoline é para manter debaixo de olho!


Sem comentários:

Publicar um comentário