terça-feira, 3 de julho de 2018

B.A. Paris - À Beira do Colapso [Opinião]

Sinopse: AQUI

Opinião: No ano passado li um livro que tardará em sair-me da retina: Ao Fechar A Porta. Nunca mais me esquecerei das personagens e, principalmente, da história tão angustiante. Por ter ficado tão rendida a essa obra, quis revisitar a autora B.A. Paris. 
À Beira do Colapso é o segundo livro da autora e, na minha modesta opinião, não foi tão bem sucedido como a obra de estreia.

Recordo-me perfeitamente da sensação sufocante que me acompanhou no decorrer da leitura de Ao Fechar a Porta, um estado de espírito que apenas esteve intermitente aquando a leitura de À Beira do Colapso. Tenho para mim que houve um efeito surpresa que se evidenciou no livro precedente da autora ao passo que, na presente obra, a narrativa desenvolve-se em torno da premissa sem twists de maior.

Creio que o ponto forte da trama é a caracterização de Cass, a protagonista. Embora esta não seja uma personagem digna de confiança, fruto de uma doença degenerativa que se manifesta precocemente, é talvez devido a esta condição que estabelecemos uma empatia imediata com a mesma. 
Diria mesmo que o cerne da trama gira em torno do desenvolvimento da protagonista e, desta forma, a investigação criminal acaba por ser secundarizada, algo que é pouco usual no género thriller e que acaba por transformar esta obra numa espécie de drama com contornos policiais. 

Na minha opinião, é justamente esta caracterização extensiva da personagem (e diversos episódios de confusão desta) que tornam o ritmo lento e diria até, um pouco repetitivo. 
Contudo, o meu interesse não esmoreceu uma vez que me senti incrédula com algumas percepções da protagonista e, acima de tudo, curiosa para desvendar o quebra cabeças que B.A. Paris propõe.

Confesso que considerei o desfecho algo previsível, o que, honestamente, me deixou um pouco desiludida. É inevitável estabelecer comparações entre a presente obra e a sua predecessora e, mais uma vez, reforço a intensidade do clímax de Ao Fechar A Porta, ao passo que À Beira do Abismo apresenta uma resolução consideravelmente mais simples e expectável. Um mistério desta natureza carecia de um twist final que me deixasse mais boquiaberta.

Em suma, um livro de fácil digestão mas menos desafiante em comparação com o romance de estreia da autora.
Pelo que pude apurar, o terceiro livro, Bring Me Back, já terá sido publicado lá fora e eu ficarei a aguardar para que possa avaliar a trajectória de B.A. Paris. 

Para mais informações sobre À Beira do Colapso, clique aqui
Para mais informações sobre a Editorial Presença, clique aqui

3 comentários:

  1. Li o "Ao fechar da porta" de forma compulsiva. Encheu-me as medidas. Depois de ler a sua opinião (que muito prezo), fiquei na dúvida em relação a esta obra actual...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo voto de confiança que tanto prezo. Infelizmente, Turista, não apreciei esta obra quanto gostaria :( Um beijinho e boas leituras

      Eliminar
  2. Eu adorei este livro! Tanto como o primeiro! :)

    ResponderEliminar