terça-feira, 26 de julho de 2016

Mary Kubica - Verdade Escondida [Divulgação TopSeller]


Data de publicação: Julho 2016
  
               Título Original: Don´t You Cry
               Preço com IVA: 18,79
               Páginas: 336
               ISBN: 9789898843784

Sinopse: Não importa o quão rápido conseguimos correr… O passado acaba sempre por nos alcançar.
Quinn Collins acorda e não encontra a amiga com quem partilha a casa na cidade de Chicago. O quarto dela tem a cama vazia e a janela aberta, e Quinn recorda-se vagamente de ter ouvido um rangido durante a noite. Esther Vaughan desapareceu sem deixar rasto. Entre os pertences da amiga encontra uma carta enigmática, assim como outros objetos que colocam em dúvida se Esther será a pessoa que Quinn julgava ser.
Entretanto, numa pequena cidade perto de Chicago, uma rapariga misteriosa aparece num café onde um jovem chamado Alex Gallo trabalha. Alex sente-se desde logo atraído por ela, mas acaba por descobrir algo obscuro e sinistro que porá em causa os seus sentimentos. 
Enquanto Quinn continua em busca de respostas para o desaparecimento de Esther, e Alex tenta saber mais sobre a rapariga desconhecida, forma-se um enredo de ilusões que ameaça esconder uma dura e chocante verdade. Quem será aquela estranha rapariga?

Sobre a autora: Mary Kubica tem um Bacharelato em História e Literatura Americana pela Universidade de Miami (Ohio). Vive nos arredores de Chicago com o marido e os dois filhos e gosta de fotografia, de jardinagem e de cuidar de animais abandonados num abrigo local. 
É autora de dois bestsellers, Não Digas Nada e Vidas Roubadas (publicados pela Topseller). O primeiro valeu-lhe uma nomeação para o Strand Magazine Critics Award como Melhor Romance de Estreia, e outra para o Goodreads Choice Award na categoria de novos autores de thriller e mistério de 2014.
Saiba mais sobre a autora em www.marykubica.com

Imprensa
«Um thriller cheio de suspense que deixará o leitor na expetativa até ao final.»
Booklist

«Arrebatador e luminoso… sobe a fasquia neste género literário.» 
LA Times

«Tão arrepiante que deixa a sua marca. Uma leitura extraordinária.» 
The Sun

3 comentários:

  1. Pois é. Depois percebi.
    Já o tenho mas não me disseram muito bem...

    ResponderEliminar