quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Leif G. W. Persson - Linda, Como no Homicídio Linda [Divulgação Editorial Bertrand]


Data de publicação: 20 Fevereiro 2015 
  
               Título Original: Linda - som i Lindamordet
               Tradutor: Ana Falcão Bastos e Cláudia Brito
               Preço com IVA: 18,80€
               Páginas: 512
               ISBN: 9789722529433

O primeiro livro da trilogia que deu origem à série Bäckström, a qual estreou na FOX EUA em janeiro de 2015.
Vencedor do prémio Petrona para melhor romance policial escandinavo de 2014. 

Sinopse:  Evert Bäckström, um inspetor «atarracado e primitivo», faz a sua estreia no primeiro livro da trilogia com o seu nome.
Durante um verão invulgarmente quente na Suécia, em que a grande notícia são mesmo as temperaturas, uma jovem é assassinada. Os principais efetivos da polícia de Estocolmo estão de férias e o caso é entregue a Evert Bäckström, um homem que dá mais trabalho do que cem delinquentes, se não mais.
Enquanto o homicídio de Linda ocupa as primeiras páginas dos jornais sensacionalistas e os noticiários televisivos, Bäckström lidera uma investigação que quase lhe escapa das mãos, não fosse o esforço extraordinário da sua equipa.
Uma magnífica intriga policial, onde brilha sobretudo a sátira através do seu protagonista, o anti-herói e politicamente incorreto Evert Bäckström.

Sobre o autor:
Leif G. W. Persson é o mais célebre dos criminologistas escandinavos e especialista em perfis psicológicos. Foi conselheiro do Ministério da Justiça sueco e é professor da Academia de Polícia sueca, sendo regularmente consultado na qualidade de maior especialista em crime do seu país natal. 

A par destas suas atividades, há mais de três décadas que vem escrevendo policiais que, com a sua capacidade de observação, o seu saber profissional e o seu desarmante sarcasmo, têm conquistado legiões de leitores em todo o mundo. 
Detentor de diversos prémios literários, entre os quais, o prémio da Academia Sueca de Escritores de Crime (três vezes), o prémio de Melhor Policial Escandinavo, o prémio Petrona e o prémio da Academia Dinamarquesa de Escritores de Policiais.

Imprensa
«Uma investigação policial bem escrita e sarcástica. Persson está em excelente forma.»
Nordjyske Stiftstidene (Dinamarca) 

«Uma sátira brilhante.» 
Dagbladet (Noruega)

«Nunca se escreveu um policial melhor sobre uma investigação “vulgar” de homicídio na Suécia.»
Eskilstuna-Kuriren (Suécia) 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário