quarta-feira, 15 de junho de 2016

86ª Feira do Livro de Lisboa [Perdi a conta aos rounds de tanto lá ir]

Como refere o título do post, de tanto lá ir perdi o número de vezes a que fui à Feira do Livro de Lisboa. O local atrai-me tanto como um íman, não necessariamente devido às compras, mas porque vou para conviver com amigas que, tal como eu, amam estes objectos. E este encontro teve um expoente máximo numa iniciativa levada a cabo pela minha amiga Carla, a administradora do GLA - Grupo dos Livrólicos Anónimos. Várias dezenas de leitores juntaram-se no dia de Portugal, no dia 10 de Junho, para se conhecerem pessoalmente, trocar algumas impressões sobre a literatura e adquirir alguns títulos, como não podia deixar de ser.

O encontro teve início no espaço da Editorial Presença e este ano o grupo era enorme:


Ainda neste espaço, algumas leitoras tiveram uma grande surpresa: um saquinho com ofertas, desde um livrinho, marcadores, uma capinha para a praia, um leque e uma moldura. Realmente, a Editoral Presença esmera-se com os seus leitores, como pude constatar por diversas vezes!

Rumo ao pavilhão da 20/20, o objectivo era conhecer o autor M. J. Arlidge. 


O autor revelou ser uma pessoa simples e extremamente conversador. Gostei imenso de o ter conhecido e claro, como fã inveterada que sou dele, tive que levar os 4 livros para serem autografados:


O dia terminou com um sentimento de felicidade indescritível. Além de rever muitas caras que me eram conhecidas pelo mundo virtual, tive o prazer de contactar com um dos autores que mais aprecio! Sinceramente não me recordo se adquiri algum livro neste dia, mas tenciono fazer um especial 'A Estante está mais Cheia' - Feira do Livro de Lisboa e comparar se este ano estive mais contida face a anos anteriores (acho que não...).

Sem comentários:

Publicar um comentário